Somos Filiados
A Casa é do Trabalhador, e a questão é Nossa
Voltado ao risco iminente de acidente e doenças ocupacionais
Chapada dos Guimarães e Stº A. Leverger
Barão de Melgaço, Tangará da Serra, Rosário Oeste,
Cuiabá, Várzea Grande, Livramento, Poconé, Barra do Bugres,
Conheça as Cidades que atendemos:
Filie-se e venha conhecer todos os nossos benefícios para você
Visitante: 5000
A+
A-

Mulheres sindicalistas realizam ato em repúdio à reforma da Previdência



O Fórum Nacional das Mulheres Trabalhadoras das Centrais Sindicais realizou terça (26) um ato para denunciar os prejuízos com a reforma da Previdência. O evento correu em frente ao prédio do INSS, no viaduto Santa Ifigênia, em São Paulo.


Mulheres sindicalistas protestam em frente à Superintendência do INSS de São Paulo

A manifestação, realizada em conjunto por Força Sindical, CTB, CUT, NCST e UGT, contou com a presença de cerca de 200 sindicalistas de diversas categorias, que ocuparam as ruas para dizer não à reforma previdenciária.

Além da reforma da previdência, as trabalhadoras denunciaram também a reforma trabalhista, que entra em vigor no dia 11 de novembro.

"Foi um ato muito bonito, organizado e importante para marcar a presença da mulher trabalhadora na luta contra essas reformas neoliberais do governo Temer. Nós vamos sofrer ainda mais com essa reforma trabalhista. A mulher é a mais prejudicada por exercer jornada dupla, tripla e até quádrupla, sem qualquer reconhecimento", disse à Rádio Web Agência Sindical, Kátia Rodrigues, que é secretária da Mulher da Nova Central São Paulo e da Federação dos Sindicatos dos Servidores Públicos no Estado de São Paulo.


Manifestação em defesa da aposentadoria promovida pelo Fórum Estadual da Mulheres das Centrais

Pesquisa - Durante a atividade, o fórum realizou uma pesquisa entre os que passavam pela região, para saber a opinião da população em relação a reforma da Previdência o resultado será divulgado posteriormente. Além de São Paulo, o protesto também ocorreu em outras cidades, como Salvador e Rio de Janeiro.

Fórum Estadual - Kátia Rodrigues faz parte do Fórum Estadual das Mulheres das Centrais (FEMC). Ela contou que a entidade foi criada em 18 de setembro. O Fórum é composto por diretoras estaduais das Centrais Força Sindical, CUT, UGT, Nova Central, CTB e CSB.

SINTRAICCCM
SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL DE CUIABÁ E MUNICÍPIO
Av. Isaac Póvoas, Nº. 1191, Caixa Postal. 323 - Centro - Cuiabá - MT
(65) 3322-1202 / (65) 3623-2141
Desenvolvido pela Angel Sistemas