Somos Filiados
A Casa é do Trabalhador, e a questão é Nossa
Voltado ao risco iminente de acidente e doenças ocupacionais
Chapada dos Guimarães e Stº A. Leverger
Barão de Melgaço, Tangará da Serra, Rosário Oeste,
Cuiabá, Várzea Grande, Livramento, Poconé, Barra do Bugres,
Conheça as Cidades que atendemos:
Filie-se e venha conhecer todos os nossos benefícios para você
Visitante: 5000
A+
A-

Centrais articulam calendário de lutas contra reformas e privatizações



CUT, Força Sindical, UGT, CTB, Nova Central e CSB se reuniram nesta segunda (25), na sede da CUT, em São Paulo, para debater uma agenda de lutas contra a reforma da Previdência e contra os impactos da reforma trabalhista.

Os dirigentes também definiram algumas ações em defesa de empresas nacionais estratégicas, que estão ameaçadas com a possibilidade de privatização, como Eletrobras e Petrobras.

Luiz Gonçalves (Luizinho), presidente da Nova Central São Paulo, falou à Agência Sindical sobre o que foi tratado no encontro. "Nós estamos construindo um calendário para o próximo período, tentando juntar as iniciativas de todas as Centrais e unificar as ações. Vamos manter a luta contra a reforma trabalhista e intensificar as mobilizações contra a reforma da Previdência", conta.

Agência Sindical ouviu também João Carlos Gonçalves (Juruna), secretário-geral da Força Sindical. Ele disse que serão feitas diversas ações para denunciar privatizações de empresas estratégicas, pretendidas pelo governo Temer.

"Dia 3 de outubro, no Rio de Janeiro, haverá um ato em frente à sede da Eletrobras e em seguida uma passeata até a Petrobras. Em todas as cidades onde haja uma representação dessas empresas, haverá manifestações contrárias à privatização", explica Juruna.

Cartilha - Segundo o dirigente forcista, as Centrais pretendem manter a mobilização entre os trabalhadores com uma cartilha, que esclarece as maldades da reforma trabalhista. “O encontro tratou também da necessidade de fortalecimento das entidades sindicais e da proposta de abaixo-assinado para um projeto de lei que anule a Lei 13.467/17", diz.

A próxima reunião das Centrais será na próxima segunda, dia 2 de outubro, às 08h30. O local é a sede da Força Sindical, no bairro da Liberdade.
Fonte: Agência Sindical
SINTRAICCCM
SINDICATO DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL DE CUIABÁ E MUNICÍPIO
Av. Isaac Póvoas, Nº. 1191, Caixa Postal. 323 - Centro - Cuiabá - MT
(65) 3322-1202 / (65) 3623-2141
Desenvolvido pela Angel Sistemas